Roteiro de um dia em Boston

Quer roteiro de um dia em Boston? Não que eu goste mas as vezes fazer bate volta é inevitável. Alê tinha que trabalhar em Boston e eu aproveitei para passar o dia lá, melhor do que nada né?

boston maina

Escolhi uma única área e me dediquei a ela, deixei museus e passeios mais demorados para uma próxima visita.

 

Faneuil Hall Marketplace

Comecei pelo Faneuil Hall Marketplace que reúne os prédios Faneuil Hall construído em 1742 para abrigar os mercadores que chegavam à Boston, Quincy Market construído em 1826, South Market e North Market. Esse conjunto de prédios assim como toda essa área passaram por uma reurbanização na década de 1970 e se tornaram umas das regiões mais agradáveis da cidade.

Dentro dos prédios hoje funcionam uma infinidade de lojas, restaurantes, bares, lojas de comidas e áreas de convívio.

Christopher Columbus Waterfront Park

Bem próximo, é só atravessar a Atlantic Ave., fica a marina de onde saem os passeios de barco anfíbio e os ônibus de turismo, além de mais algumas opções de restaurantes. O Christopher Columbus Waterfront Park, pequeno e rápido de visitar também fica ali.

Depois da marina fui para ao pequeno conjunto de quadras em frente ao Boston City Hall, nessas quadras estão algumas das construções mais antigas da cidade, com alguns dos pubs mais antigos de Boston (salve o povo da Rainha!) um trecho da Freedom Trail passa por essas quadras.

Quem tiver mais tempo na cidade indico fazer esse passeio, a Freedom Trail é um trajeto de 2,5 milhas a pé que percorre os principais pontos históricos de Boston. No site vocês também encontram a relação de todos os pontos vistos no percurso caso queiram percorre-lo por conta própria.

Boston Public Market

Já deu fome? Continuei meu passeio seguindo para o Boston Public Market, espaço incrível cheio de boas opções para almoçar e fazer algumas compras. Azeites especiais, maple syrup, queijos, chás, tudo com uma curadoria maravilhosa. Eu passaria o dia dentro dele.

Beacon Hill

Após o almoço fui para Beacon Hill e fiquei flanando (do verbo francês FLÂNER) ou basicamente fiquei vadiando pelo bairro. A Charles Street logo na saída da estação Charles/MGH é cheia de lojinhas e cafés absolutamente charmosos.

A Acorn Street por exemplo é conhecida por ser a menor rua da cidade, um charme e fica ali do lado. Continuei fazendo meu zigzag pelo bairro, vendo as casas maravilhosas e históricas. Muitas tem placas fixadas em suas fachadas explicando a importância e o contexto histórico.

Caminhando pelo bairro cheguei ao The Boston Commom, o parque central da cidade. Aproveitei para tomar um café enquanto caminhava por ele e dali peguei um taxi para o aeroporto e retornar para NYC.

Fiz um mapa com todos os locais citados, é só clicar nele e passear por Boston!

Follow:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *