No nosso segundo dia de passeios em Sevilla deixei as visitas mais rápidas e bastante tempo para caminhar pelas ruas de diferentes bairros.

Plaza de España

Começamos o dia visitando a Plaza de España e o enorme edifício semi-circular construído por ocasião da Exposição Ibero-Americana de 1929. Infelizmente o canal estava em trabalhos de limpeza e os barquinhos de passeio fora de serviço.

Hoje no edificio funcionam departamentos do governo. Em sua fachada estão representadas todas as províncias espanholas. As 4 pontes que atravessam o canal simbolizam os 4 antigos reinos que deram origem ao que hoje é a Espanha. Não deixem de passear pelo lindo parque Maria Luiza onde a praça está situada.

Para os fãs de cinema a praça foi locação de Laurence da Arábia e Star Wars!

Arquivo das Índias

O prédio em estilo renascentista é tombado pelo patrimônio histórico da UNESCO teve sua construção iniciada em 1572 e finalizada em 1646. Inicialmente a Casa Lonja de Mercadeiros era o ponto principal das transações comercias da Espanha com o novo continente, a bolsa de valores da época. Só em 1785 o Arquivo Geral das Índias passa a ocupar o edifício. Abrigando toda a documentação histórica sobre a Espanha e suas colônias. Tesouros como o Tratado de Tordesilhas e o Diário de Cristovão Colombo são só uma pequena amostra da importância desse arquivo.

A entrada é gratuita e a visita passa pelas salas mais bonitas do edifício, foi uma visita emocionante. Vi documentos que relacionavam palavras indígenas brasileiras ao correspondente espanhol, a reprodução do Tratado e vários outros documentos. Pensar que aquilo tudo faz parte da nossa história é incrível.

Todo o arquivo pode ser consultado digitalmente e os originais ficam protegidos da ação do tempo.  E passam constantemente por processos de restauração e preservação.

Mercado Lonja del Barranco

Após visitar o Arquivo fomos caminhando até o Mercado Lonja del Barranco que fica na Ponte Isabel II por onde atravessamos para o bairro de Triana.

Aqui nesse post Restaurantes em Sevilla – 5 ótimas opções falo em detalhes sobre o mercado.

mercado lonja del barranco sevilla

Bairro Triana

Após o almoço passeamos pelo bairro boêmio de Sevilla. A Calle San Jacinto é cheia de cafés, restaurante e lojas, bem gostoso passear por ali. Já na Calle Bettis às margens do canal é uma ótima opção para curtir tapas e drinks no fim do dia. O visual de Sevilla vista desse ponto é lindo.

passeios em sevilla bairro triana

Plaza del Toros e arredores

Depois de Triana seguimos para a Plaza del Toros, apenas passeamos por fora e só conhecemos o hall de entrada. Não concordo com o “esporte” portanto não paguei para entrar num recinto que por séculos foi palco de maus tratos animais.

Já as ruelas ao redor da Plaza são bem interessantes, muitos galpões e depósitos foram transformados em lojas charmosas e escritórios. Pra quem gosta de explorar é um prato cheio.

plaza del toros sevilla

Setas de Sevilla

Depois da Plaza seguimos para o Setas de Sevilla também conhecido como Metropol Parassol. A maior estrutura de madeira do mundo. Ele em si impressiona mais nas fotos do que pessoalmente. Mas o passeio valeu porque andamos por ruas menos turísticas e pudemos sentir mais o clima da cidade.

No subsolo do Setas existe uma escavação onde foram descobertas ruínas romanas. E construções islâmicas, o espaço está bem bonito e vale visitar.

Passeios em Sevilla é o que não faltam, esse foi um bom roteiro para ter um apanhado geral da cidade. Voltarei certamente e numa estação mais quente para aproveitar bem as tapas e tragos.

 

 

Follow:

No nosso primeiro dia de passeio em Sevilla concentrei as atrações mais importantes da cidade e as que nos tomariam mais tempo de visita, assim os outros dias foram mais descompromissados e com isso pudemos ficar de bobeira passeando pelas ruas da cidade.

Real Alcázar de Sevilla

Começamos o dia no enorme e lindo Real Alcázar de Sevilla. As entradas podem ser compradas no site e existem duas opções: A VISITA GENERAL AL ALCÁZAR DE SEVILLA e a VISITA COMBINADA CON CUARTO REAL ALTO. Sugiro a compra antecipada para evitar as filas, principalmente no verão e ter mais opções de agendamento de horário.

Optei pela segunda opção, o Quarto Real é maravilhoso e a entrada super rigorosa, o horário é marcado, não pode entrar com bolsas e mochilas, eles tem armários guarda volumes na entrada.

Infelizmente dentro dos aposentos não podemos fotografar nem filmar, uma pena. Os seguranças que nos acompanham chegam a ser até grosseiros no trato com os turistas de tão rigorosos. Mas é lindo e vale a visita.

Reservem em torno de três horas para a visita ao complexo, ele é enorme e vale a pena passear pelos jardins lindos além do conjunto de palácios.

Após o Alcázar fizemos uma pausa para o almoço no El Pintón. Escrevi sobre ele nesse post Restaurantes em Sevilla – 5 ótimas opções. 

Catedral de Sevilla – La Giralda

A Catedral gótica impressiona não só pelo seu tamanho, é a maior da Espanha, mas pela mescla de várias épocas numa mesma construção. Ela foi erguida no local da Antiga Mesquita Alfama de Sevilla. O folheto que recebemos na entrada mostra todas as fases construtivas do complexo.

O Pátio dos Naranjos foi o jardim da antiga Mesquita, no centro dele uma linda fonte visigoda. E distribuídas pelo pátios várias outras pequenas fontes. Prestem atenção no desenho do piso do pátio, são canais interligados para o perfeito escoamento de água.

La Giralda, como é conhecida a torre do campanário era o antigo minarete da Mesquita. A subida é bem tranquila, essa torre tem corredores largos e o acesso é por rampas, construída assim para que os guardas pudessem subir a torre montados em seus cavalos. A vista que sem tem da cidade é maravilhosa.

Para conhecer a Catedral reserve pelo menos 1:30 h. Ela é rica em detalhes e passar um tempo no pátio descansando antes de continuar o passeio pela cidade é ótimo.

 

 

Follow:

Como eu adoro uma lista na hora de organizar uma viagem, preparei uma só boas opções de restaurantes em Sevilla, tem pra todos os gostos.

É claro que a cidade oferece muitas outras opções, esses foram os que indico para quem viaja em família e quer opções que agradam à todos.

San Fernando – Hotel Alfonso XIII

Restaurante ótimo para um jantar mais fino no excelente Hotel Alfonso XIII onde nos hospedamos. A cozinha é andaluza/catalã moderna mas o cardápio conta com opções da cozinha internacional portanto agrada à todos. Se você não quiser fazer uma refeição lá pode ir só para um drink no Bar Americano ou um café e sobremesa no pátio interno do hotel. Os ambiente são lindos e vale a visita.

El Pintón – Ao lado do Alcázar

Sabe o típico restaurante moderninho que serve de tudo um pouco? El Pintón é assim, fica pertinho do Alcázar então ótima pedida para o final do passeio. Tem uma seleção de tapas muito boas e porções para serem divididas. Se o clima colaborar as mesas externas são ótimas uma uma botecagem estilo espanhol.

Mercado Lonja Del Barranco – Às margens do rio

O Mercado Lonja del Barranco é uma opção ótima se você quer experimentar o máximo da culinária andaluza no mínimo de tempo! Tem de tudo, em porções de diversos tamanhos. Um bar de cervejas no centro do mercado é o local mais animado e cheio. Tem bar de tapas, croquetas, arrozes, polvo, cafeteria, sorveteria, doces. Enfim, um mini paraíso! Aproveite para curtir o por do sol, a vista do rio e da cidade é linda à partir do mercado.

San Marco – Num antigo banho árabe

Quer um descanso de comida espanhola? Achamos o italiano San Marco em Santa Cruz sem querer, ele fica numa ruinha minúscula atrás da Catedral de Sevilla e após uma rua repleta de restaurantes bem cheios. Coisas do destino, nenhum dos restaurantes nos chamou a atenção e seguimos andando até dar de cara com a entrada discreta de um antigo banho árabe. Um pouco insólito um restaurante italiano funcionando dentro de um antigo banho árabe com um violeiro tocando música espanhola! Óbvio que ele foi o escolhido da noite. Cardápio de clássicos italianos, carta de vinho incrível e música ótima e num volume muito agradável para o jantar.

Meliá Lebreros – Perto da estação de trem

O hotel Meliá Lebreros fica à 700 metros da estação de trem Santa Justa. Viemos de Granada, entregamos nosso carro na estação e ainda teríamos tempo para um almoço antes do nosso trem para Madrid. Deixamos as malas no guarda volumes da estação que por sinal é ótimo. O hotel passou por uma reforma à pouco tempo e está com um lobby lindíssimo e cheio de boas opções de restaurantes e bares.

Follow:

Sabe aquele hotel clássico, grande, famoso na cidade por receber personalidades históricas? O Hotel Alfonso XIII em Sevilla é desse time. Confesso que adoro o clima nostálgico desses hotéis e gosto de me hospedar neles.

hotel alfonso xiii em sevilla

O Hotel

A localização é excelente e bem central, ótima para explorar Sevilla a pé. A estação de trem Santa Justa fica a uns 20 minutos de taxi, ela fica mais afastada do centro, numa região um pouco mais nova da cidade.

O Hotel Alfonso XIII em Sevilla faz parte da rede Starwood que reúne excelentes redes de hotéis pelo mundo e tem um ótimo programa de fidelidade para seus clientes. Vale a pena se cadastrar para começar a pontuar.

Costumo fazer minhas reservas pela central telefônica (em português) onde sempre encontro alguma promoção, como segundo quarto com 50% de desconto ou café da manhã cortesia.

Os Quartos

Os quartos e banheiros são muito espaçosos e bem clássicos. Reservamos dois quartos interligados por um pequeno hall, prefiro esse sistema mais privativo do que simplesmente interligados com uma única porta já dentro dos quartos.

As camas, lençóis e travesseiros são impecáveis, um dos preceitos da rede é oferecer um excelente padrão de conforto nesse quesito.

O Restaurante

Jantamos na nossa primeira noite no restaurante San Fernando de culinária andaluza e catalã, uma delícia e um serviço mega atencioso.

Ao lado do restaurante fica o Bar Americano, com drinks ótimos pré ou pós jantar. Amo hotel que tem bar bem lindo, acho vintage, acho vibe divas do cinema  americano.

O Pátio

No pátio interno típico das construções espanholas com influências árabes são servidos cafés, chás e refeições rápidas.

Mesmo no inverno, que foi o nosso caso, ele conta com aquecedores que deixam o ambiente super agradável.

Follow: