Chicago, onde comer, visitar e se hospedar

Chicago, onde comer, visitar e se hospedar. Essa é a primeira vez que faço um post assim geral de uma cidade. Tinha um documento aqui guardado para enviar para os amigos que sempre me pediam dicas de Chicago então resolvi dar uma revisada e publicar inteiro, assim de supetão num único post. Se vocês gostarem desse formato deixem comentários aqui no post, vou amar saber a opinião de vocês.

Melhor época para conhecer Chicago.

Os meses que indico para visitar a cidade são de meados de Abril até meados de Outubro, evitando assim os meses de inverno rigoroso e em Chicago ele é muito rigoroso mesmo com muita neve e temperaturas por volta dos -30 graus. Setembro é um bom mês, com temperaturas entre 18 e 22 graus.

Chicago também chamada de Windy City, fica às margens do lindo e enorme Lago Michigan no estado de Illinois. Famosa pelo Blues, brigas entre gângsters e deep dish pizza é umas das cidades mais modernas dos Estados Unidos. Parques, museus, arquitetura, excelentes restaurantes e lojas ótimas fazem dela um excelente destino turístico.

 

Chicago, onde comer.

  • Girl & The Goat, badaladinho é legal ficar tomando drinks no bar enquanto espera mesa. Na mesma rua dele tem vários outros points legais de Chicago. O esquema é pedir várias porções para dividir. Comida e drinks ótimos.
  • Ralph Lauren Bar and Grill, lindo e chique! Pra almoçar por um preço bom, acredite se quiser, fica na Chicago Ave. A comida é ótima e as porções grandes. Não fiz reserva nenhuma das duas vezes que fui e tive sorte de conseguir uma mesa bem rápido. Pertinho dele, de frente para a praça da Old Watertower tem um loja incrível dos chocolates Hershey’s e outra dos chocolates Ghirardelli.
  • The Purple Pig, delicioso, bem descontraído e com decoração lindinha. Sempre tem uma fila de espera, mas vale à pena. Os pratos são porções para dividir também. Fica na Michigan Ave bem ótima opção para quando estiver passeando pela região.
  • Chicago Athletic Association Hotel pra café da manhã delicioso ou um drink no roof top com vista pro parque. Vale a visita para ver a decoração incrível do hotel, a temática é o esporte.
  • The Original Pancake House, lugar super tradicional e barato, como o próprio nome diz, uma casa de panquecas com muito bacon, maple syrup e ovos mexidos, café da manhã típico americano. Uma casinha antiga, no meio de Gold Coast. Aproveite para passear pela região cheia de lojas incríveis de luxo.

Chicago - Onde comer, visitar e se hospedar

  • Firecakes Donuts, micro lojinha de donuts de comer ajoelhado no milho chorando. Dezenas de sabores, feitos diariamente. O cappuccino também é ótimo.
  • Pizza Uno, para comer a tradicional deep-dish pizza, o Ale não gostou eu gostei, então nessa você decide 😉 É uma pizza que mais parece uma torta com muito molho de tomate bem denso e muito, muito queijo. Ahhh o molho fica por cima do queijo!

 

Chicago, o que visitar, tours e museus

  • Frank Lloyd Wright tour. Passeio de quase o dia inteiro dependendo do tour que você escolher. Escrevi um post completo sobre ele aqui: Tour Frank Lloyd Wright em Chicago. Outra opção é  fazer apenas o tour da Home & Studio e depois pegar um mapa que eles fornecem e passear a pé por Oak Park passando na frente das outras casas, a casa dele é a única aberta ao público no bairro.
  • Tour de Arquitetura pelo Chicago River é um dos passeios imperdíveis para quem gosta de saber a história da cidade e seus edifícios. Os tickets devem ser comprados com antecedência no site Chicago Architecture Center

Chicago - Onde comer, visitar e se hospedar

  • Fui no Driehaus Museum que é a antiga mansão de Samuel e Matilda Nickerson, ele foi o responsável pela fundação do Art Institute. Matilda foi presidente do Antiquarian Society of the Art Institute que tinha como missão apoiar as artistas e artesãs mulheres. A casa por si só é maravilhosa e o passeio é rápido, em torno de uma hora. Gostei muito de conhecer a casa e um pouco mais da história de Chicago e alguns personagens importantes.
  • Art Institute Chicago, um dos melhores museus que já visitei, além do acervo incrível o edifício anexo projetado pelo arquiteto Renzo Piano é magnifico.

Região da Magnificent Mile e além.

  • Andar pela região da Magnificent Mile, com lojas lindas, bons restaurantes e cafés.
  • Navy Pier tem uma vista super bonita de Chicago, a praça de alimentação não gostei mas a vista do skyline da cidade à partir do píer é linda e vale à pena.
  • John Hancock Observatory o percurso de entrada conta a história da cidade de Chicago, é bem legal e a compra do ticket na hora, foi super tranquila, tem um pequeno shopping nos primeiros andares do prédio, muito bom.
  • Para os amantes da arquitetura, continuando subindo a Michigan Ave vc chegará no 1100 N Lake Shore Building e vai chorar nesse projeto do Mies Van Der Rohe. Continuando a caminhada para esquerda você estará na parte mais antiga de Chicago, lojas de luxo e town houses fofas, o bairro se chama . A Oak Street é a principal. O Pancake House fica aqui perto numa casinha super antiga e fofa.

Millenium Park e Loop

  • Passear pelo Millenium Park para ver a escultura Cloud Gate de Anish Kapoor, o Jay Pritzker Pavilion projetado por Frank Gehry e a Crown Fountain. O Art Institute Chicago  fica nessa área também.
  • Aproveite para entrar no Chicago Cultural Center, pode entrar de graça para ver as rotundas maravilhosas projetadas pelo Tifanny, o fundador da joalheria.
  • Observe as esculturas de rua do Picasso e Miró, os edifícios institucionais de Chicago todos projetados pelo Mies Van Der Rohe, na praça do prédio do correio fica o Miró, uma quadra para trás do correio fica o Rookery Building que teve projeto de reforma de Frank Lloyd Wright e onde fica o Trust. Aqui é tudo muito perto, então fazendo um bom zigzag por essas quadras você conseguirá ver todas essas obras.
  • Entre na loja Macy’s que fica no histórico Marshall Field and Company Building.
  • Ande de metrô no Loop, é bobinho mas divertido. O Loop é o quadrado formado pelos trilhos do metro suspenso, que aparece em todos os filmes.

Chicago, onde se hospedar

  • The Langham Hotel, é super bem localizado, perto das principais atrações e museus, às margens do Chicago River. O hotel é lindíssimo, quartos espaçosos e café da manhã delicioso. O bar á noite também é ótimo para um drink antes ou após o jantar. Vale pelo menos entrar para conhecer o looby e bar. O edifício é projeto do Mies van Der Rohe e foi reformado pelo neto dele para ser transformado em hotel. O serviço de concierge foi incrível e conseguiu reservar todos os restaurantes que pedi e estavam super lotados.

 

Ainda faltou muita coisa pra fazer, mas isso é um bom apanhado geral.

E como última dica aproveite para fazer compras em Chicago, as lojas são bem mais vazias do que em NYC e sempre tem a grade completa de modelos e tamanhos além de promoções.

 

Chicago, onde comer, visitar e se hospedar. Chicago, onde comer, visitar e se hospedar. Chicago, onde comer, visitar e se hospedar. Chicago, onde comer, visitar e se hospedar. Chicago, onde comer, visitar e se hospedar.

Chicago, onde comer, visitar e se hospedar

Follow:

2 Comentários

  1. Paola Scott
    8 de outubro de 2018 / 18:44

    Meu hotel fica em frente da ORiginal Pancake house. Amo aquele ponto. Adorei o post.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.