Adoro uma lista! Preparei essa com 13 restaurantes em NY. Alguns são velhos conhecidos meus e outros que experimentei na última viagem. Esquema jogo rápido, uma parágrafo várias fotos. Post pra favoritar e mandar pros amigos heim?!

Os velhos conhecidos.

Locanda Verde – TriBeCa

O Locanda é velho conhecido, fica no The Greenwich Hotel (amor eterno). Cozinha italiana, massas caseiras, antepastos deliciosos. Ambiente descontraído, agitadinho, chique. À noite ferve e precisa de reserva, aliás como a maioria dos restaurantes em NY. Durante o dia é mais tranquilo. Se não quiser almoçar ou jantar arrisque o café da manhã, as panquecas de ricota e blueberry com lemon curd são sensacionais.

Locanda Verde

locanda verde restaurantes em ny

locanda verde restaurantes em ny

Épicerie Boulud – Westfield World Trade Center

Fast food chique do chef Daniel Boulud. Com 3 lojas na cidade é uma opção de comida rápida de qualidade, muita qualidade. Saladas, sopas, sanduíches, doces ótimos. Além de balção de vinhos! Se você estiver num dia corrido de passeios essa é uma ótima opção.

Épicerie Boulud

epicerie boulud restaurantes em ny

Kaffee 1668 – TriBeCa

Um dos meus cafés preferidos! Legal para café da manhã ou almoço rápido, tem saladas, sucos prensados a frio e chás também. Eles tem leite de aveia que é o meu leite vegetal preferido. Minha dica para quem quer conhecer algo mais além de Starbucks. Fica lá no sul de Manhattan na Greenwich Street, aproveite se estiver na região.

Kaffee 1668

kaffee 1668 restaurantes em ny

kaffee 1668 restaurantes em ny

Tacombi – NoLiTa

Sempre vou na unidade da Elizabeth Street em Nolita. Olhem no site porque tem mais 3 endereços espalhados pela cidade. Acho o Tacombi a cara do verão. Cervejas, tacos, sorvetes tudo num ambiente super alegre, colorido, vibe hispter sabe? Fofo.

Tacombi

tacombi restaurantes em ny

tacombi restaurantes em ny

JG Melon – Greenwich Village

Na opinião de muitos o melhor hambúrguer da cidade. Na minha também! Hambúrguer simples, sem invenções, de tamanho adequado para conseguir morder sabe? Mostarda francesa na mesa. As batatas fritas mais carnudas e sequinhas que você jamais provou. O endereço da 3rd Ave com a 74 Street é o original! Vale como passeio turístico.

JG Melon

jg melon restaurantes em ny

The Little Owl – Greenwich Village

Aproveita que está passeando por Greenwich Village, visita o prédio que serviu de locação para a série Friends e almoce no Little Owl. Ele fica no térreo do prédio. Minúsculo, super simpático, comida ótima e sempre cheio. O brunch de sábado é lotadaço. Por incrível que pareça nunca fiz reserva pra ele, sempre consegui sentar sem muita espera! Milagre. A música é sempre ótima, a maitre é uma figura e o restaurante tem um astral delicioso.

The Little Owl

the little owl restaurantes em ny

The Spotted Pig – Greenwich Village

O lugar onde os chefs comem no fim da noite. Essa é a fama com razão da casa de April Bloomfield. Não aceitam reservas mas esperar tomando drinks na calçada ou no bar do andar de cima é delícia e faz parte do programa. A casa é toda decorada com porquinhos e num clima escurinho intimista, música boa e gente bem interessante. O hambúrguer com gorgonzola é um dos preferidos do Ale, eu sempre peço o seabass ou o Gnudi de ricota. Ahh e ficam abertos até as 2:00 da madrugada sete dias por semana.

The Spotted Pig

spotted pig restaurantes em ny

As novidades da vez (novidades pra mim, veja bem)

Tiny’s and Bar Upstairs – TriBeCa

Estava morrendo de vontade de conhecer o Tiny’s, a tempos vejo fotos fofas de sua fachada cor de rosa. Gostei tanto que fui duas vezes. Uma para o almoço que é bem concorrido e outra para o café da manhã. Em ambas a comida estava excelente. Ele é famosinho pelo seu brunch e vive cheio de gente interessante, se quiser entrar só para um café ou taça de vinho também vale a pena.

Tiny’s

tiny's restaurantes em ny

tiny's restaurantes em ny

Macao Trading Co – TriBeCa

Que lugar incrível, a noite que fomos estava super animada! Foi indicação do concierge do nosso hotel. A comida é bem gostosa, uma mistura de oriente com ocidente mas mais puxada para a oriental. Os drinks são deliciosos. Serviço super simpático. Mas o mais legal foi a banda que se apresentou. Um sexteto que só tocou clássicos, Edith Piaff, Tom Jobin, tango, jazz! A decoração também é linda, bem carregada no vermelho, reproduziram um entreposto de mercadorias.

Macao Trading Co

macao restaurantes em ny

macao restaurantes em ny

The Odeon – TriBeCa

Clássico, bem old school americano mesmo, também foi indicação do nosso concierge. Saladas, hambúrguer, carnes, peixes, mac&cheese, tudo super gostoso. As sobremesas são ótimas, os sorvete são feitos na casa. Também atendem do café da manhã ao jantar.

The Odeon

the odeon restaurantes em ny

Smith & Mills – TriBeCa

Não sei porque demorei tanto para conhecer, fica ao lado do meu hotel! O Smith & Mills é minúsculo, decorado com banquetas de prancheta, desenhos técnicos de edifícios, luminárias e vários outros objetos charmosos. Não aceita reserva. Gostei dele para almoçar, tem saladas e sanduíches bem gostosos. No fim do dia eu iria para um drink, o balcão é lindo.

Smith & Mills

smith mills restaurantes em ny

smith mills restaurantes em ny

Sadelle’s – Soho

O Sadelle’s também estava na minha to do list da vez, afinal a foto do suporte de pratos recheados de bagels e seus acompanhamentos bombou tempos atrás no Instagram. E ele não decepcionou! Eu pedi a Tuna Salad (vulgo patê de atum) com os acompanhamentos, tomates, cebola rocha, alcaparras e pepinos além de claro a estrela da casa, o bagel. Alê foi de Cobb Salad que estava excelente também. Ótimo para quem vai tirar o dia para passear pelo Soho. Não pegamos fila, fomos num dia de semana por volta das 13:00 sem reserva.

Sadelle’s

sadelles restaurantes em ny

sadelles restaurantes em ny

Jack’s Wife Freda – Soho

Outro lugar que estava na minha lista!!!!! E o mais gostoso foi conhecer a Ana, uma querida com um dos feed mais lindos do Instagram, que a outra querida Helô me apresentou. <3 Gente, a trilha sonora desse lugar é sensacional, queria ficar o resto do dia ali, só sucessos de rock, pop velharia. E a comida, sabe prato de vó, bem servido? Opções de saladas, sopas, sanduíches. Servem do café da manhã ao jantar o que é ótimo para a vida sem horário de nós turistas. E fora dos horários de pico é fácil ter mesa, sucesso completo.

Jack’s Wife Freda

jacas wife freda restaurantes em ny

Tentar fazer uma lista de restaurantes em NY é tarefa impossível. A cidade oferece infinitas opções e na mesma velocidade em que abrem novos locais outros tantos fecham. Então vamos considerar essa, a minha primeira lista de 2017. Provavelmente ano que vem, ou esse mesmo, virei com outra lista de restaurantes em NY.

Gostou e quer guardar esse post? Pina essa foto lá no seu Pinterest 😉 Aproveite e veja o perfil do Por mais um carimbo.

tiny's restaurantes em ny

 

Follow:

Preparei esse post com 10 bares em Miami para aproveitar a tradição do drink antes ou após o jantar. Nos Estados Unidos isso é super comum. Quase todos os restaurantes tem um balcão de bar. Você pode sentar no balcão só para um drink e depois vai para o restaurante do seu jantar que não necessariamente fica no mesmo local.

Na minha lista alguns eu conheço e outros eu pedi ajuda para a minha amiga Silvia que mora em Miami e é super adepta aos drinks! As dicas da Sil nunca falharam comigo, sempre amei os lugares que ela me indicou.

Dica, para um drink não é preciso fazer reserva, é só chegar, sentar e pedir sua bebida. Na maioria dos bares, azeitonas, batatinhas, nuts salgadas são servidas como petiscos. Alguns servem até pratos mais elaborados do cardápio do restaurante. Então se você não conseguiu uma reserva pra jantar no restaurante da moda uma opção é ficar pelo bar mesmo e aproveitar tudo o que ele pode te oferecer.

Bares em Miami é o que não faltam, escolha o que mais combina com você ou faça um tour por vários e aproveite!

1. O Bar at The Setai Miami Beach

O enorme armário atrás do balcão guarda garrafas preciosas de single malt, gins, vodcas e mais o que você puder imaginar. Os drinks são preparados pelo barman com uma precisão e teatralidade deliciosa de se assistir. O ambiente é todo escuro e tem ares de bar bem sofisticado. Tomei o Vesper, estava impecável, um clássico criado por Ian Fleming, sim, o criador de James Bond .

The Setai Miami Beach

bar at setai hotel miami

2. The 1 Rooftop at 1 Hotel South Beach

O rooftop do 1 Hotel é só para maiores de 21 anos, tem vários pequenos ambientes e a minha indicação é ir no fim do dia para curtir o pôr do sol. Ele também tem um cardápio de comidas leves, sushis, poke e saladas bem gostosas. Os drinks tem uma pegada bem tropical, além de lindos são deliciosos.

1 Hotel South Beach

The 1 Rooftop at 1 Hotel South Beach

3. Tom on Collins at 1 Hotel South Beach

Esse é o bar do lobby, também super charmoso. Aqui o cardápio de bebidas é muito interessante e completo. Gin, grappa, champagne, mezcal, cervejas artesanais, enfim uma seleção incrível. Nos drinks há uma seleção de clássicos e uma de autorais. Dica é chegar por volta das 19:30 quando o volume da música aumenta, as luzes diminuem e o lounge fica bem concorrido.

1 Hotel South Beach

Tom on Collins at 1 Hotel South Beach

4. O Bar do Pao at Faena Miami Beach

O bar do restaurante Pao, dentro do hotel Faena vale a visita só pra ver a decoração ultra colorida e carregada do local. Num pódio central, um unicórnio dourado paira sobre nossas cabeças, é uma viagem. Os drinks de assinatura da casa são bem criativos. Aqui mais uma vez a carta de clássicos é bem completa.

Pao by Paul Qui

Bar do Pao at Faena Miami Beach

5. The Lido Bayside Grill at The Standard Hotel

Considerado o local com o pôr do sol mais bonito de Miami Beach, eu achei espetacular. O bom é chegar por volta das 17:30 para aproveita-lo. O bar/restaurante fica na beira da água e ao lado da piscina super concorrida do hotel. Aqui o esquema é mais festivo, tem jarra de sangria e drinks com muitas frutas. Cervejas e alguns vinhos também estão no cardápio. E se quiser emendar o jantar bem descontraído vai muito bem. Aproveite para passear pelo hotel, tem uma vibe anos 50 muito fofa.

The Lido Bayside Grill

The Lido Bayside Grill at The Standard Hotel

6. Matador Bar do The Miami Beach Edition

Apesar de não ter gostado do restaurante, o bar é excelente. O cardápio não é muito extenso mas contém todos os clássicos. Além de algumas opções de comidas e sobremesas, aqui rola jantar também. Talvez tivesse me dado melhor jantando no bar. Enfim, numa próxima paro no bar e fico.

Edition Hotels

Matador Bar do The Miami Beach Edition

7. The Anderson Miami – Dica da Silvia

Com dois ambientes, o interno remete aos anos 80 e além do bar tem uma mesa com jogos de tabuleiro, bem divertido. Já o ambiente externos nos leva direto pra Jamaica, bem descontraído. Às sextas feiras sempre rola jam session e depois algum DJ assume as pick-up. O foco do bar são os drinks e a música, o cardápio de comidinhas é enxuto mas tem opções bem interessantes, hambúrguer, sanduíche de frango frito e cachorro quente, só clássicos.

The Anderson Miami

the anderson bar miami

8. Broken Shaker at Freehand Miami – Dica da Silvia

Uma fofura! Sabe aqueles lugares com cara de quintal de casa do interior? O Broken Shaker é assim, ele fica dentro do hotel Freehand. O jardim é todo decorado com luzinhas hipster que amamos, cadeiras em volta da piscina, tudo bem tranquilo e com clima de casa. No cardápio drinks bem variados e refrescantes e opções de comidinhas super gostosas para dividir com os amigos.

Freehand Hotels

the broken shaker

9. Smith & Wollensky

É velho, é batido mas tem seu charme. O bar fica na parte externa na beira do canal que liga o porto de Miami ao mar. Aqui os clássicos estão presentes, acho ele uma ótima opção para o fim do dia. Tem um cardápio legal pra quem quiser já emendar com o jantar.

Smith & Wollensky

bares em miami

10. Sugar

Esse já se enquadra na categoria lotado sempre! Mas a vista do skyline de Miami compensa. O bar fica no quadragésimo andar de um edifício em Miami Downton, na Brickwell Ave. A decoração e cardápio inspirados em China, Hong Kong e adjacências asiáticas. Para o Sugar precisa fazer reserva, as filas são enormes! E aqui também é legal emendar com o jantar, o cardápio é ótimo.

Sugar Miami

sugar miami bar

Não esquece de me contar se você for em algum desses bares em Miami!

Ahh sigam a Silvia Scott, esses são os perfis no Instagram das lojas dela  @thegiftbar e @bysis_collection

E aqui Post super completo do hotel que me hospedei 1 Hotel Miami Beach e eu mudando de ideia.

Follow:

– INSIDERS – trás a cada semana um convidado diferente, mostrando o lado pouco conhecido das cidades onde vivem ou visitam.-

Seattle é popularmente conhecida pela chuva e pelo movimento grunge dos anos 90. Mas é claro que eu não estou aqui no Por Mais um Carimbo para falar de coisas óbvias, né?

Você sabia que Seattle é um dos centros mundiais de torrefação de café? A cidade tem fama de ser a melhor dos Estados Unidos para os coffee lovers e, como se não bastasse, é comparável com Roma, Vienna, Melbourne e Havana no quesito “cultura do café”.

Não é à toa que a população de Seattle é a maior consumidora de café em todo o país e só perde para São Francisco em número de cafeterias per capta. O movimento de “amor à cafeína” começou com a inauguração da Starbucks na década de 70. Hoje, são mais de vinte torrefadoras indepentes só na região metropolitana.

Uma das mais populares entre os seattleites é a Victrola Coffee Roasters, que além de torrefadora é uma cafeteria e galeria de arte. A primeira unidade foi inaugurada no ano de 2.000 e atualmente eles têm quatro lojas em Seattle. Dizem que eles têm um dos melhores cafés de toda a cidade. Claro que eu fui lá conferir.

 

seattle e o amor pelo caféVictrola Coffee Roasters em Seattle

Victrola Coffee Roasters

A loja que eu visitei fica bem pertinho da Starbucks Reserveno  bairro de Capitol Hill – carinhosamente conhecido como “gayborhood”, fazendo menção à fama LGBT simpatizante do bairro. Porém, ao contrário da famosa concorrente, a Victrola Coffee Roasters não é parada obrigatória de turistas. Aliás, provavelmente só os “locais” a conhecem.

 

Victrola Coffee Roasters SeattleBandeira do movimento LGBT na janela do café. Isto é bem comum no bairro de Capitol Hill.

A decoração é minimalista, o estilo é rústico, o espaço é amplo e os cachorros são super bem-vindos -#issoémuitoSeattle. As paredes de tijolos aparentes (que eu amo!) exibem quadros de artistas locais que podem ser comprados ali mesmo. Bacana, né? A torrefadora fica no fundo da cafeteria, onde é possível ver o maquinário em funcionamento.

No dia em que fui fazer as fotos, por coincidência, o microlote em destaque era o Brazil Baixadao – da famosa fazenda brasileira Sítio Baixadão, do sul de Minas Gerais. Eu fiquei tão orgulhosa que fiz questão de falar para o barista que sou do Brasil! Até tentei ensiná-lo a falar “baixadão” sem sotaque americano, mas não rolou.

 

Victrola Coffee Roasters Seattle Café Brazil Baixadão no quadro! Que orgulho.

Eu optei por um espresso e o sabor estava ótimo, mas confesso que não sou uma super entendedora do assunto. Ah, eles também servem pastries. Porém, já que o foco da empresa é o café, não tem nada de comidas ou lanches muito elaborados.

Endereço: 310 E Pike St, Seattle

Horário de funcionamento: das 6h30 às 20h00

E você, já sabia sobre a cultura do café em Seattle? Ficou surpreso? Conta pra nós, vai!

Camila Picolli

Sou Camila Picolli, publicitária, gaúcha e moro em Seattle desde 2011. Amo escrever, fazer roteiros, explorar a cidade, dar dicas de viagem e contar sobre minhas aventuras por aqui. Po isso, logo que me mudei pra cá, comecei a escrever o blog Mila em Seattle. Para saber mais sobre a cidade, curta minha página @milaemseattle no Facebook e siga @camilapicolli no Instagram e Snapchat.

Follow:

Quer roteiro de um dia em Boston? Não que eu goste mas as vezes fazer bate volta é inevitável. Alê tinha que trabalhar em Boston e eu aproveitei para passar o dia lá, melhor do que nada né?

boston maina

Escolhi uma única área e me dediquei a ela, deixei museus e passeios mais demorados para uma próxima visita.

 

Faneuil Hall Marketplace

Comecei pelo Faneuil Hall Marketplace que reúne os prédios Faneuil Hall construído em 1742 para abrigar os mercadores que chegavam à Boston, Quincy Market construído em 1826, South Market e North Market. Esse conjunto de prédios assim como toda essa área passaram por uma reurbanização na década de 1970 e se tornaram umas das regiões mais agradáveis da cidade.

Dentro dos prédios hoje funcionam uma infinidade de lojas, restaurantes, bares, lojas de comidas e áreas de convívio.

Christopher Columbus Waterfront Park

Bem próximo, é só atravessar a Atlantic Ave., fica a marina de onde saem os passeios de barco anfíbio e os ônibus de turismo, além de mais algumas opções de restaurantes. O Christopher Columbus Waterfront Park, pequeno e rápido de visitar também fica ali.

Depois da marina fui para ao pequeno conjunto de quadras em frente ao Boston City Hall, nessas quadras estão algumas das construções mais antigas da cidade, com alguns dos pubs mais antigos de Boston (salve o povo da Rainha!) um trecho da Freedom Trail passa por essas quadras.

Quem tiver mais tempo na cidade indico fazer esse passeio, a Freedom Trail é um trajeto de 2,5 milhas a pé que percorre os principais pontos históricos de Boston. No site vocês também encontram a relação de todos os pontos vistos no percurso caso queiram percorre-lo por conta própria.

Boston Public Market

Já deu fome? Continuei meu passeio seguindo para o Boston Public Market, espaço incrível cheio de boas opções para almoçar e fazer algumas compras. Azeites especiais, maple syrup, queijos, chás, tudo com uma curadoria maravilhosa. Eu passaria o dia dentro dele.

Beacon Hill

Após o almoço fui para Beacon Hill e fiquei flanando (do verbo francês FLÂNER) ou basicamente fiquei vadiando pelo bairro. A Charles Street logo na saída da estação Charles/MGH é cheia de lojinhas e cafés absolutamente charmosos.

A Acorn Street por exemplo é conhecida por ser a menor rua da cidade, um charme e fica ali do lado. Continuei fazendo meu zigzag pelo bairro, vendo as casas maravilhosas e históricas. Muitas tem placas fixadas em suas fachadas explicando a importância e o contexto histórico.

Caminhando pelo bairro cheguei ao The Boston Commom, o parque central da cidade. Aproveitei para tomar um café enquanto caminhava por ele e dali peguei um taxi para o aeroporto e retornar para NYC.

Fiz um mapa com todos os locais citados, é só clicar nele e passear por Boston!

Follow:

Viaje com seu chip de internet ilimitada e já chegue ao seu destino conectado! Primeiro post de 2017 e já com uma ótima novidade.

chip internet ilimitada

Parece publipost e é!!!! Mas é sincero. Deixa eu explicar.

Quem me acompanha à algum tempo sabe que compro meus chips de dados na EASYSIM4U, já usei no México e Estados Unidos, funciona perfeitamente. Fico conectada 24 horas por dia postando muito e em todas as redes! (Obrigada Érika pela dica valiosa).

A EASYSIM4U é uma empresa que vende simcards de dados e voz para Estados Unidos, México e Canadá além dos planos de dados para mais de 140 países. O processo de compra é super simples, basta acessar o site, fazer suas escolhas de quantidade de dias, voz, dados e país onde o simcard será usado. O pagamento é pode ser feito por paypal, super seguro e a entrega é pelos correios aqui no seu endereço do Brasil.

Como usa-lo? Ainda no avião antes de pousar basta você trocar os simcards, e quando aterrizar basta ligar o telefone e já estará conectado. Ótimo para quem vai alugar um carro e precisa usar o Waze logo de cara por exemplo.

Sempre compro a opção só de dados porque a velocidade e cobertura é tão boa que realizo minhas ligações por skype, FaceTime ou whatsapp.

O Paulo Leal proprietário da EASYSIM4U e sua equipe prestam um excelente serviço e dão todo o suporte necessário para os clientes.

Mas Tatiana e qual é novidade? A novidade é que a EASYSIM4U agora é parceira do blog. Que alegria! E agora ali do lado direito na barra lateral teremos um link permanente com a EASYSIM4U. Basta clicar na imagem e você será direcionado ao site deles.

Então o que eu peço em troca? Lembrem de mim quando forem comprar os chips e acessem o site através do Por Mais Um Carimbo. Vocês não pagarão absolutamente nada a mais e me ajudarão a ganhar uma pequena comissão sobre as vendas e assim manter o bloguito bem legal. Afinal, hospedagem e layout de sites custa dinheiro.

chip internet ilimitada

chip internet ilimitada

Follow: