Quando comecei a pesquisar hotéis em Washington logo percebi que a localização que queria era Georgetown e pesquisando pela região achei o Rosewood Georgetown.

O bairro

O hoje bairro, foi até 1871 um município independente e mais antigo que a própria cidade de Washington. A arquitetura colonial americana com suas construções coloridas de madeira é a grande responsável por todo o charme de Georgetown.

Apesar de ficar afastado de downtown Washington e de todos os museus e principais atrações turísticas da cidade o acesso é muito fácil e rápido. De taxi cerca de 15 minutos ou ônibus que usei algumas vezes e foi super prático.

Não me empolguei muito com Washington e se não fosse a nossa hospedagem em Georgetown nossa estadia na cidade teria sido um completo fiasco. A cidade é bonita, limpa e organizada mas mas não nos conquistou. Achei sem charme, sem pulsação. Estava com expectativas muito altas, valeu a viagem mas é uma cidade que não voltaria novamente.

Georgetown em compensação é charme que não acaba mais. Um dos bairros mais caros da região, concentra em suas principais ruas e avenidas lojas de grandes marcas, bares, cafés charmosos e restaurantes. Passear e jantar por ali foi o nosso programa todos os fins de tarde e noites que estivemos na cidade.

O bairro é delimitado em um dos seus lados pelo Georgetown Waterfront Park às margens do Rio Potomac. Lugar lindo para passear no fim do dia e praticar esportes.

O hotel

O Rosewood Georgetown é um hotel pequeno, bem no coração do bairro às margens do C&O Canal. São só 49 quartos. A rede Rosewwod assumiu o hotel em abril de 2016.

Ele tem um bar no rooftop bem gostoso para um drink ou uma refeição rápida. A piscina é bem pequena e no meio do rooftop, não achei convidativa. Tem também uma academia bem pequena mas com equipamentos novos e muito bons.

O check-in é feito no pequeno hall em frente aos elevadores, achei simpático mas um pouco demorado. Adjacente aos elevadores fica uma sala de estar/leitura super confortável. Café Illy, água, macarrons, frutas e croissants ficam à disposição dos hospedes o dia inteiro sem custo adicional nessa sala.

O quarto

Todos os quartos do Rosewood Georgetown tem piso de madeira, amo. Cafeteira Illy com capsulas cortesia, amo mais ainda. O frigobar tem uma variedade ótima de bebidas e os snacks são todos muito bons. São dois os serviços de arrumação, o da manhã e o turn down em ambos eles reabastecem garrafas de água mineral cortesia. Tipo de coisa simples que todos os hotéis deveriam adotar, água de graça para os hóspedes.

Banheiros muito confortáveis e espaçosos, inteiros de mármore. Iluminação ótima, para quem faz maquiagem esse é um item importantíssimo! Amenities Bottega Veneta em tamanhos ótimos, sabonetes grandes tanto na pia como no chuveiro.

Camas e travesseiros muito confortáveis com lençóis de algodão puro e edredom de plumas delicioso. Nas mesas de cabeceira e na mesa de trabalho tomadas e entrada USB, várias!!!

O restaurante e bar

O café da manhã é servido a la carte no único restaurante do hotel, serviço impecável e comida excelente. O cardápio não é muito extenso mas contempla as principais opção de café da manhã. Sucos, frutas, panquecas, omeletes feitos de acordo com o gosto do cliente, cesta de pães e torradas muito boas, geléias francesas. E aquele esquema que amo, é só pedir um copo descartável e sair do restaurante com um refil enorme de café para iniciar o dia.

O bar logo na entrada do hotel é lindíssimo e a partir das 16:00 o movimento dele aumenta, é freqüentado não só pelos hóspedes mas também por locais.

Outras ótimas opções de hotéis em Georgetown

The Ritz Carlton Georgetown

Four Season Washington DC

The Avery Georgetown

The Georgetown House Boutique Inn

 

Follow:

Essa é a lista de alguns restaurantes em NYC que fomos nas férias de julho/17 e gostamos muito. Todos tranquilos, preço bom e comidas gostosas. Locais bons para ir com crianças ou almoçar tranquilo entre um passeio e outro, nada de locais ultra sofisticados. Listas como essa serão recorrentes aqui, a cada nova visita à NY farei uma dos lugares que fui e gostei.

Bevacco

O Bevacco fica em Brooklyn Heights pertinho do 1 Hotel Brooklyn Bridge onde nos hospedamos. Decoração linda, sim, sou apegadíssima a lugares bem decorados, o balcão do bar é maravilhoso! Nos restaurantes americanos, você pode entrar só para uma taça de vinho ou drink no bar e será muito bem atendido, adoro isso.

A comida é italiana como o nome sugere, apesar do clima de bistrô francês, pedimos uma burrata que veio acompanhada de pão italiano tostado, spaguetti carbonara e salada com frango e avocado. Todos os pratos estavam muito bons, as porções são individuais e pequenas a dica é pedir umas entradinhas antes do prato principal.

Bevacco

60 Henry St, Brooklyn, NY 11201

AlMar

Outro italiano, esse quem nos indicou foi a atendente do café do nosso hotel, fica em DUMBO. Restaurante super tranquilão, com uma mesa comunitária no centro e outras menores ao redor. Clima bem gostoso e animado.

Pedimos burrata com prosciutto e uma salada de entrada, a salada estava boa, a burrata e o prosciutto estavam sensacionais. De pratos fomos de lasanha e fetuttine à bolonhesa e espaguete com tomates, manjericão e mussarela de búfala, molhos bons e saborosos e massas al dente, difícil isso nos restaurantes americanos que normalmente servem molhos industrializados e massas cozinhas demais. O tiramisu e o afogatto de sobremesa também estavam ótimos.

AlMar

111 Front Street, DUMBO, Brooklyn, NY

Gran Eléctrica

Mexicano badaladinho em DUMBO, com um bar super animado na entrada da casa e mesas num quintal super charmoso nos fundos. Achei ótimo para ir com amigos. Fizemos aquela bagunça e pedimos várias porções para dividir. Eu aguentei o tranco porque amo pimenta mas para os 3 meninos foi um pouco demais. Na nossa mesa ceviche, guacamole, tacos, quesadilla e nachos, tudo junto e misturado. A tequila estava sensacional!

As fotos desse não ficaram incríveis porque a iluminação não favoreceu em nada! Prometo melhorar 😉

Gran Eléctrica

5 Front Street, Dumbo, Brooklyn, NY

Juliana’s Pizza

Micos de turista? Temos também, lógico. A Juliana’s Pizza tem sempre filas enormes mas como ficava à alguns metros do hotel fomos lá enfrentar a muvuca, 1:30 de fila e chuva, olha que maravilha. A dica é, se você quer mesmo experimentar a famosa pizza sem enfrentar fila é só pedir para viagem e ir comer em algum banco ali por perto no parque. Pizza bem tranquila para comer à moda americana (digo, com as mãos). Pizza super saborosa e com ingredientes bons, pedimos uma de rúcula, mussarela e presunto italiano cozido e outra só de mussarela e manjericão. Massa fina e crocante, bordinhas tostadas, valeu o mico da fila. A Juliana’s pertence a Patsy Grimaldi, antigo dono da famosa pizzaria Grimaldi que fica ao lado da Juliana’s, dizem que a Grimaldi hoje só tem fama e nada de qualidade.

Juliana’s Pizza

9 Old Fulton Street, Brooklyn, NY

Gastroteca Astoria

Fomos pela primeira vez ao bairro de Astoria visitar o Museum of Moving Image, muito legal por sinal. Eu não tinha nenhuma indicação de restaurantes na área, o Gastroteca foi o que gostamos da cara e resolvemos entrar. Que surpresa boa, acertamos na escolha. O hamburger foi considerado um dos melhores pelos meninos, o carbonara super gostoso e com pimenta na quantidade certa, os restaurantes americanos tendem ao exagero nesse quesito. Salada grande e super bem temperada, gnocchi de ricota e espinafre delicioso, único defeito, a porção pequena 😉 As sobremesa estavam ótimas, bread pudding, afogatto e tiramisu, esse nem deu tempo de fotografar.

Gastroteca Astoria

33-02 34th Avenue & 33rd Street, Astoria, NY 11106

The Meatball Shop

The Meatball Shop como o nome sugere é especialista em meatballs (almôndegas). O esquema é escolher entre os tipos de almôndegas, tradicional, frango, vegetariana, porco, combina-las com o molho de sua preferência e escolher os acompanhemos. Tem salada, polenta, espaguete, batatas entre outros. Além das opções de sanduíches de almôndegas, todos customizáveis. A polenta estava divina, cremosa com queijo, sério uma das melhores que já comi. As almôndegas super saborosas e suculentas. Os drinks do bar também são ótimos. Entrem no site para ver os diversos endereços em NY.

The Meatball Shop

64 Greenwich Ave, New York, NY

Rosemary’s

Outro italiano, perceberam que aqui apostamos no poder do carboidrato né? Fazia tempo que queria conhecer o Rosemary’s e finalmente consegui, ele é ótimo para almoço e brunch. Tem piadinas (sanduíches), massas, saladas e algumas carnes. A proposta deles é de uma cozinha simples, com ingredientes locais e orgânicos, tem até uma horta na laje do restaurante. A massa com pesto, camarões e nozes estava realmente ótima. A salada de baby beets (beterrabas) e a burrata estavam uma delícia e super bem temperadas. As piadinas bem grandes e bem recheadas.

Rosemary’s

18 Greenwich Avenue, NY 10011

While we were Young

Menção honrosa, pelo lugar ultra mega fofo e instagramavel. Fui encontrar uma amiga para um drink que estava delicioso. Não pedi nada para comer mas os pratos que vi passando por mim estavam todos com cara ótima. Na próxima ida a NY vou almoçar nele.

While we were Young

183 W 10th Street, New York, NY 10014

 

E para quem quer mais dicas de restaurantes em NYC, aqui o post Minha lista de 13 restaurantes em NY, vários desses 13 repeti agora em julho com os meninos.

Follow:

Eu amei me hospedar no 1 Hotel Brooklyn Bridge. Foi a primeira vez que me hospedei no Brooklyn e não poderia ter escolhido um hotel melhor. Além de ter a melhor vista de Manhattan aos pés da ponte do Brooklyn.

Desde que me hospedei no 1 Hotel Miami Beach em Miami fiquei encantada com a proposta. Os hotéis foram projetados e construídos seguindo preceitos de sustentabilidade e ecologicamente corretos.

Os restaurantes por exemplo usam fornecedores da região onde estão. Nos quartos os amenities são em embalagens grandes e reutilizáveis, evitando assim gerar lixo plástico desnecessário. Cada quarto tem uma torneira com água triplamente filtrada onde o hóspede pode se servir à vontade. Toda a energia usada no hotel é eólica, 50% da água utilizada é de reuso das chuvas, roupas de banho e cama de algodão orgânico. E uma série de outras medidas legais.

À disposição e sem custo para os hóspedes um Tesla com motorista para viagens até 3 milhas do hotel, usamos muito e o carro elétrico é realmente sensacional.

O 1 Hotel Brooklyn Bridge inaugurou em fevereiro 2017 portando nem todas as áreas estão em funcionamento, o restaurante principal ainda não abriu, a piscina ainda estava fechada durante minha hospedagem, foi inaugurada a poucos dias. E o spa está previsto inaugurar no fim do ano.

1 hotel brooklyn bridgeO Quarto

Tive a oportunidade de conhecer duas categorias de quartos, reservei dois quartos Bridge King e por um equivoco do hotel nos colocaram em andares diferentes. Mesmo os meninos sendo grandes e independentes gosto de ficar em quartos lado a lado nos hotéis.

A gerente do hotel entrou em contato conosco à noite avisando que no dia seguinte mudaríamos de quarto e receberíamos um upgrade, mudamos para uma suíte enorme com o quarto dos meninos ao lado do nosso. Amei o atendimento, em nenhum momento solicitamos upgrade ou qualquer vantagem, apenas pedimos que os quartos fossem lado a lado como solicitado na reserva. Taí, quando o atendimento é bom temos que contar e elogiar.

Todos os quartos tem em comum banheiros super confortáveis, frigobar com ótimas opções, máquina de café Nespresso, iPad para gerenciar as luzes e som dos quartos além de solicitar serviços. Cortinas blackout ótimas, boa acústica mesmo tendo enormes janelas de vidro.

O Lobby

O lobby do 1 Hotel Brooklyn Bridge é tão animado quanto o de Miami. Várias pessoas passam horas trabalhando ou fazendo reuniões nos sofás e na mesa comunitária. Todos os dias é montado um balcão de drinks para o happy hour e a música ambiente é ótima. Cheio de gente bonita, música boa, ambiente lindo e drinks deliciosos, não tem como ser melhor.

Os Restaurantes

O Neighbors é o simpático café que funciona das 6:00 da manhã até as 22:00, serve opções deliciosas de café da manhã, bolos, sorvetes, sanduíches e porções. Tudo feito no hotel ou de fornecedores locais. Os atendentes são uma simpatia e ótimos para nos dar dicas da região. Com mesas num terraço delicioso aberto para o parque.

The 1 Roof Top é o rooftop do momento em NY, com a vista absurda da Brooklyn Bridge e Manhattan, fica lotado todos os fins de tarde, pedida excelente para ver o por do sol.

Em breve o restaurante principal será inaugurado então fiquem de olho. Se tiver a mesma qualidade do de Miami será sensacional.

Indico muito o  1 Hotel Brooklyn Bridge para quem quer ter uma nova experiência em NY, essa região do Brooklyn está cada vez melhor e com mais opções de bares, restaurantes e lojas interessantes. E não esquecendo, a estação do metro mais próxima fica a apenas 600 metros do hotel, rápido e fácil chegar em Manhattan.

Follow:

Adoro uma lista! Preparei essa com 13 restaurantes em NY. Alguns são velhos conhecidos meus e outros que experimentei na última viagem. Esquema jogo rápido, uma parágrafo várias fotos. Post pra favoritar e mandar pros amigos heim?!

Os velhos conhecidos.

Locanda Verde – TriBeCa

O Locanda é velho conhecido, fica no The Greenwich Hotel (amor eterno). Cozinha italiana, massas caseiras, antepastos deliciosos. Ambiente descontraído, agitadinho, chique. À noite ferve e precisa de reserva, aliás como a maioria dos restaurantes em NY. Durante o dia é mais tranquilo. Se não quiser almoçar ou jantar arrisque o café da manhã, as panquecas de ricota e blueberry com lemon curd são sensacionais.

Locanda Verde

locanda verde restaurantes em ny

locanda verde restaurantes em ny

Épicerie Boulud – Westfield World Trade Center

Fast food chique do chef Daniel Boulud. Com 3 lojas na cidade é uma opção de comida rápida de qualidade, muita qualidade. Saladas, sopas, sanduíches, doces ótimos. Além de balção de vinhos! Se você estiver num dia corrido de passeios essa é uma ótima opção.

Épicerie Boulud

epicerie boulud restaurantes em ny

Kaffee 1668 – TriBeCa

Um dos meus cafés preferidos! Legal para café da manhã ou almoço rápido, tem saladas, sucos prensados a frio e chás também. Eles tem leite de aveia que é o meu leite vegetal preferido. Minha dica para quem quer conhecer algo mais além de Starbucks. Fica lá no sul de Manhattan na Greenwich Street, aproveite se estiver na região.

Kaffee 1668

kaffee 1668 restaurantes em ny

kaffee 1668 restaurantes em ny

Tacombi – NoLiTa

Sempre vou na unidade da Elizabeth Street em Nolita. Olhem no site porque tem mais 3 endereços espalhados pela cidade. Acho o Tacombi a cara do verão. Cervejas, tacos, sorvetes tudo num ambiente super alegre, colorido, vibe hispter sabe? Fofo.

Tacombi

tacombi restaurantes em ny

tacombi restaurantes em ny

JG Melon – Greenwich Village

Na opinião de muitos o melhor hambúrguer da cidade. Na minha também! Hambúrguer simples, sem invenções, de tamanho adequado para conseguir morder sabe? Mostarda francesa na mesa. As batatas fritas mais carnudas e sequinhas que você jamais provou. O endereço da 3rd Ave com a 74 Street é o original! Vale como passeio turístico.

JG Melon

jg melon restaurantes em ny

The Little Owl – Greenwich Village

Aproveita que está passeando por Greenwich Village, visita o prédio que serviu de locação para a série Friends e almoce no Little Owl. Ele fica no térreo do prédio. Minúsculo, super simpático, comida ótima e sempre cheio. O brunch de sábado é lotadaço. Por incrível que pareça nunca fiz reserva pra ele, sempre consegui sentar sem muita espera! Milagre. A música é sempre ótima, a maitre é uma figura e o restaurante tem um astral delicioso.

The Little Owl

the little owl restaurantes em ny

The Spotted Pig – Greenwich Village

O lugar onde os chefs comem no fim da noite. Essa é a fama com razão da casa de April Bloomfield. Não aceitam reservas mas esperar tomando drinks na calçada ou no bar do andar de cima é delícia e faz parte do programa. A casa é toda decorada com porquinhos e num clima escurinho intimista, música boa e gente bem interessante. O hambúrguer com gorgonzola é um dos preferidos do Ale, eu sempre peço o seabass ou o Gnudi de ricota. Ahh e ficam abertos até as 2:00 da madrugada sete dias por semana.

The Spotted Pig

spotted pig restaurantes em ny

As novidades da vez (novidades pra mim, veja bem)

Tiny’s and Bar Upstairs – TriBeCa

Estava morrendo de vontade de conhecer o Tiny’s, a tempos vejo fotos fofas de sua fachada cor de rosa. Gostei tanto que fui duas vezes. Uma para o almoço que é bem concorrido e outra para o café da manhã. Em ambas a comida estava excelente. Ele é famosinho pelo seu brunch e vive cheio de gente interessante, se quiser entrar só para um café ou taça de vinho também vale a pena.

Tiny’s

tiny's restaurantes em ny

tiny's restaurantes em ny

Macao Trading Co – TriBeCa

Que lugar incrível, a noite que fomos estava super animada! Foi indicação do concierge do nosso hotel. A comida é bem gostosa, uma mistura de oriente com ocidente mas mais puxada para a oriental. Os drinks são deliciosos. Serviço super simpático. Mas o mais legal foi a banda que se apresentou. Um sexteto que só tocou clássicos, Edith Piaff, Tom Jobin, tango, jazz! A decoração também é linda, bem carregada no vermelho, reproduziram um entreposto de mercadorias.

Macao Trading Co

macao restaurantes em ny

macao restaurantes em ny

The Odeon – TriBeCa

Clássico, bem old school americano mesmo, também foi indicação do nosso concierge. Saladas, hambúrguer, carnes, peixes, mac&cheese, tudo super gostoso. As sobremesas são ótimas, os sorvete são feitos na casa. Também atendem do café da manhã ao jantar.

The Odeon

the odeon restaurantes em ny

Smith & Mills – TriBeCa

Não sei porque demorei tanto para conhecer, fica ao lado do meu hotel! O Smith & Mills é minúsculo, decorado com banquetas de prancheta, desenhos técnicos de edifícios, luminárias e vários outros objetos charmosos. Não aceita reserva. Gostei dele para almoçar, tem saladas e sanduíches bem gostosos. No fim do dia eu iria para um drink, o balcão é lindo.

Smith & Mills

smith mills restaurantes em ny

smith mills restaurantes em ny

Sadelle’s – Soho

O Sadelle’s também estava na minha to do list da vez, afinal a foto do suporte de pratos recheados de bagels e seus acompanhamentos bombou tempos atrás no Instagram. E ele não decepcionou! Eu pedi a Tuna Salad (vulgo patê de atum) com os acompanhamentos, tomates, cebola rocha, alcaparras e pepinos além de claro a estrela da casa, o bagel. Alê foi de Cobb Salad que estava excelente também. Ótimo para quem vai tirar o dia para passear pelo Soho. Não pegamos fila, fomos num dia de semana por volta das 13:00 sem reserva.

Sadelle’s

sadelles restaurantes em ny

sadelles restaurantes em ny

Jack’s Wife Freda – Soho

Outro lugar que estava na minha lista!!!!! E o mais gostoso foi conhecer a Ana, uma querida com um dos feed mais lindos do Instagram, que a outra querida Helô me apresentou. <3 Gente, a trilha sonora desse lugar é sensacional, queria ficar o resto do dia ali, só sucessos de rock, pop velharia. E a comida, sabe prato de vó, bem servido? Opções de saladas, sopas, sanduíches. Servem do café da manhã ao jantar o que é ótimo para a vida sem horário de nós turistas. E fora dos horários de pico é fácil ter mesa, sucesso completo.

Jack’s Wife Freda

jacas wife freda restaurantes em ny

Tentar fazer uma lista de restaurantes em NY é tarefa impossível. A cidade oferece infinitas opções e na mesma velocidade em que abrem novos locais outros tantos fecham. Então vamos considerar essa, a minha primeira lista de 2017. Provavelmente ano que vem, ou esse mesmo, virei com outra lista de restaurantes em NY.

Gostou e quer guardar esse post? Pina essa foto lá no seu Pinterest 😉 Aproveite e veja o perfil do Por mais um carimbo.

tiny's restaurantes em ny

 

Follow:

Preparei esse post com 10 bares em Miami para aproveitar a tradição do drink antes ou após o jantar. Nos Estados Unidos isso é super comum. Quase todos os restaurantes tem um balcão de bar. Você pode sentar no balcão só para um drink e depois vai para o restaurante do seu jantar que não necessariamente fica no mesmo local.

Na minha lista alguns eu conheço e outros eu pedi ajuda para a minha amiga Silvia que mora em Miami e é super adepta aos drinks! As dicas da Sil nunca falharam comigo, sempre amei os lugares que ela me indicou.

Dica, para um drink não é preciso fazer reserva, é só chegar, sentar e pedir sua bebida. Na maioria dos bares, azeitonas, batatinhas, nuts salgadas são servidas como petiscos. Alguns servem até pratos mais elaborados do cardápio do restaurante. Então se você não conseguiu uma reserva pra jantar no restaurante da moda uma opção é ficar pelo bar mesmo e aproveitar tudo o que ele pode te oferecer.

Bares em Miami é o que não faltam, escolha o que mais combina com você ou faça um tour por vários e aproveite!

1. O Bar at The Setai Miami Beach

O enorme armário atrás do balcão guarda garrafas preciosas de single malt, gins, vodcas e mais o que você puder imaginar. Os drinks são preparados pelo barman com uma precisão e teatralidade deliciosa de se assistir. O ambiente é todo escuro e tem ares de bar bem sofisticado. Tomei o Vesper, estava impecável, um clássico criado por Ian Fleming, sim, o criador de James Bond .

The Setai Miami Beach

bar at setai hotel miami

2. The 1 Rooftop at 1 Hotel South Beach

O rooftop do 1 Hotel é só para maiores de 21 anos, tem vários pequenos ambientes e a minha indicação é ir no fim do dia para curtir o pôr do sol. Ele também tem um cardápio de comidas leves, sushis, poke e saladas bem gostosas. Os drinks tem uma pegada bem tropical, além de lindos são deliciosos.

1 Hotel South Beach

The 1 Rooftop at 1 Hotel South Beach

3. Tom on Collins at 1 Hotel South Beach

Esse é o bar do lobby, também super charmoso. Aqui o cardápio de bebidas é muito interessante e completo. Gin, grappa, champagne, mezcal, cervejas artesanais, enfim uma seleção incrível. Nos drinks há uma seleção de clássicos e uma de autorais. Dica é chegar por volta das 19:30 quando o volume da música aumenta, as luzes diminuem e o lounge fica bem concorrido.

1 Hotel South Beach

Tom on Collins at 1 Hotel South Beach

4. O Bar do Pao at Faena Miami Beach

O bar do restaurante Pao, dentro do hotel Faena vale a visita só pra ver a decoração ultra colorida e carregada do local. Num pódio central, um unicórnio dourado paira sobre nossas cabeças, é uma viagem. Os drinks de assinatura da casa são bem criativos. Aqui mais uma vez a carta de clássicos é bem completa.

Pao by Paul Qui

Bar do Pao at Faena Miami Beach

5. The Lido Bayside Grill at The Standard Hotel

Considerado o local com o pôr do sol mais bonito de Miami Beach, eu achei espetacular. O bom é chegar por volta das 17:30 para aproveita-lo. O bar/restaurante fica na beira da água e ao lado da piscina super concorrida do hotel. Aqui o esquema é mais festivo, tem jarra de sangria e drinks com muitas frutas. Cervejas e alguns vinhos também estão no cardápio. E se quiser emendar o jantar bem descontraído vai muito bem. Aproveite para passear pelo hotel, tem uma vibe anos 50 muito fofa.

The Lido Bayside Grill

The Lido Bayside Grill at The Standard Hotel

6. Matador Bar do The Miami Beach Edition

Apesar de não ter gostado do restaurante, o bar é excelente. O cardápio não é muito extenso mas contém todos os clássicos. Além de algumas opções de comidas e sobremesas, aqui rola jantar também. Talvez tivesse me dado melhor jantando no bar. Enfim, numa próxima paro no bar e fico.

Edition Hotels

Matador Bar do The Miami Beach Edition

7. The Anderson Miami – Dica da Silvia

Com dois ambientes, o interno remete aos anos 80 e além do bar tem uma mesa com jogos de tabuleiro, bem divertido. Já o ambiente externos nos leva direto pra Jamaica, bem descontraído. Às sextas feiras sempre rola jam session e depois algum DJ assume as pick-up. O foco do bar são os drinks e a música, o cardápio de comidinhas é enxuto mas tem opções bem interessantes, hambúrguer, sanduíche de frango frito e cachorro quente, só clássicos.

The Anderson Miami

the anderson bar miami

8. Broken Shaker at Freehand Miami – Dica da Silvia

Uma fofura! Sabe aqueles lugares com cara de quintal de casa do interior? O Broken Shaker é assim, ele fica dentro do hotel Freehand. O jardim é todo decorado com luzinhas hipster que amamos, cadeiras em volta da piscina, tudo bem tranquilo e com clima de casa. No cardápio drinks bem variados e refrescantes e opções de comidinhas super gostosas para dividir com os amigos.

Freehand Hotels

the broken shaker

9. Smith & Wollensky

É velho, é batido mas tem seu charme. O bar fica na parte externa na beira do canal que liga o porto de Miami ao mar. Aqui os clássicos estão presentes, acho ele uma ótima opção para o fim do dia. Tem um cardápio legal pra quem quiser já emendar com o jantar.

Smith & Wollensky

bares em miami

10. Sugar

Esse já se enquadra na categoria lotado sempre! Mas a vista do skyline de Miami compensa. O bar fica no quadragésimo andar de um edifício em Miami Downton, na Brickwell Ave. A decoração e cardápio inspirados em China, Hong Kong e adjacências asiáticas. Para o Sugar precisa fazer reserva, as filas são enormes! E aqui também é legal emendar com o jantar, o cardápio é ótimo.

Sugar Miami

sugar miami bar

Não esquece de me contar se você for em algum desses bares em Miami!

Ahh sigam a Silvia Scott, esses são os perfis no Instagram das lojas dela  @thegiftbar e @bysis_collection

E aqui Post super completo do hotel que me hospedei 1 Hotel Miami Beach e eu mudando de ideia.

Follow: