Essa é a lista de restaurantes em Barcelona que fui e gostei, não são os mais conhecidos nem os super estrelados nem as maiores novidades do momento, apenas boas e gostosas opções para aproveitar a cidade. A única exceção foi o restaurante Tragaluz que escolhi para comemorar meu aniversário e é considerado um dos melhores da cidade.

El Nacional

Um grande galpão de estacionamento em pleno Passeig de Gràcia foi transformado num complexo com diversos espaços culinários. São estações de peixes, carnes, tapas, vinhos, cervejas e coquetéis. É um espaço lindíssimo, indico fazer reserva principalmente para o jantar. Dica final, vá ao banheiro, um dos mais lindos que já vi.

El Nacional

Passeig de Gràcia, 24 Bis, 08007 Barcelona, Spain

+34 935 18 50 53

Xamfrà Gaudí

O restaurante é uma ótima opção para o dia de sua visita à Sagrada Família ou ao Hospital de la Santa Creu i Sant Pau. Simples, comida espetacular e cheio de velhinhos locais, o que é ótimo sinal de autenticidade. Achei sem querer e não tinha nenhuma indicação dele, foi uma das melhores refeições da viagem. A dica é pedir várias porções para dividir. Atendimento super simpático e divertido.

Xamfra Gaudi

Carrer de València, 443, 08013 Barcelona, Spain

+34 932 32 59 07

Santagustina

Gastro bar no bairro do Born, uma graça, pequeno, drinks e vinhos ótimos. Comidas em porções para compartilhar, tudo o que pedimos estava ótimo. Bem animadinho e cheio. Foi outro que passei na frente à tarde, achei charmoso e voltamos à noite para experimentar. Aproveite a ocasião vá mais cedo e passeie pelo bairro antes de jantar, é cheio de lojas e galerias, pequenas praças e ruelas charmosíssimas. Fica pertinho do Museu Picasso.

Santagustina

Plaça de Sant Agustí Vell, 9, 08003 Barcelona, Spain

+34 933 15 79 04

Rasoterra

Esse foi indicação da minha amiga Cris que além de guia de turismo na cidade escreve o ótimo Sol de Barcelona. O Rasoterra fica no miolo do bairro gótico e é um restaurante vegetariano. Escolhemos o menu degustação para provar o máximo de pratos e estavam deliciosos. O restaurante é uma graça com várias mesas comunitárias, atendimento super atencioso. Os vinhos servidos são todos biológicos, o que tomamos estava ótimo.

Rasoterra

Carrer del Palau, 5, 08002 Barcelona, Spain

Casa Jaime

Outro restaurante de bairro, simples, local, com menu do dia muito bem servido e gostoso para almoçar pelo bairro de Eixample pertinho da estação Universitat. Esse foi dica da Lili que também mora em Barcelona e escreve o Catálogo de Viagens. O fideuá e o bacalhau com aioli estavam deliciosos.

Casa Jaime

Carrer del Consell de Cent, 222, 08011 Barcelona, Spain

Tragaluz

Esse é considerado um dos melhores de Barcelona, escolhi ele para comemorar o meu aniversário e não me arrependi. O ambiente é lindo, instalado no segundo andar de um sobrado onde para chegarmos às mesas passamos por entre as ilhas da cozinha que é totalmente aberta, incrível. O cardápio de clássicos espanhóis executados como alta gastronomia é sensacional. Tudo o que experimentamos estava excepcional. A carta de vinho é maravilhosa também. Para o Tragaluz reservar é indispensável, fiz direto no site do restaurante com umas duas semana de antecedência.

Restaurante Tragaluz

Passatge de la Concepció, 5, 08008 Barcelona, Spain

+34 934 87 06 21

Pastisseria Escribà

Um doce e um café entre uma caminhada e outra. Essa pastisseria maravilhosa é do chef Christian Escribà. São três lojas pela cidade mas indico a pequena loja da Rambla. Bem pequena mas com vitrais, revestimentos de madeira nas paredes originais art nouveau, uma belezinha. Os doces são verdadeiras obras de arte.

Pastisseria Escribà

La Rambla, 83, 08002 Barcelona, Spain

+34 933 01 60 27

Chocolate Amatller

Fica dentro da Casa Amatller, onde morou o dono da fábrica de chocolate mais famosas da Catalunha. O chocolate quente deles é ótimo e famoso. No café servem sopas, saladas e sanduíches, tudo bem feito e gostoso, ótimo para almoço rápido durante os passeios do dia. Eu fiz a visita guiada na casa também e amei mas o charme mesmo fica por conta de fazer a refeição dentro da cozinha original da casa. Fica ao lado da Casa Batlló do Gaudí. 

Casa Amatller

Passeig de Gràcia, 41, 08007 Barcelona, Spain

+34 932 16 01 75

 

Outro post que você pode gostar.

Restaurantes em Berlim, comer gastando pouco

 

restaurantes em Barcelona restaurantes em Barcelona restaurantes em Barcelona restaurantes em Barcelona restaurantes em Barcelona

Follow:

Restaurantes em Berlim, vamos começar pelo que interessa não é mesmo?

Nesse post vou mostrar os restaurantes que gostei em Berlim, o que eles tem em comum é o ótimo preço. Nessa viagem não fui em nenhum restaurante super caro, nem super famoso. Apenas lugares interessantes com comida boa e preços ótimos.

Nos restaurantes em Berlim come-se muito bem gastando bem pouco, achei menus de dois pratos com uma taça de vinho por €12, pratos bem servidos por €4, €6 a €10 por exemplo.

A cidade vai muito além dos famosos Currywurst (salsicha, com catchup, curry e batatas fritas) vendidos no meio da rua.

Por ser uma cidade com muitas comunidades de imigrantes logicamente os restaurantes em Berlim refletem isso. Há restaurantes de todos os tipos de culinária, árabes, chineses, turcos, coreanos, vietnamitas, japoneses entre outros.

Curiosidade, achei que fosse encontrar litros de mostardas nos restaurantes, santa inocência. As batatas fritas são servidas sempre e apenas com maionese. O catchup aparece para acompanhar os hambúrgueres. A mostarda só é servida para acompanhar salsichas e encontrei alguns restaurantes que nem tinham mostarda quando solicitei. Depois descobri a gafe culinária, é uma heresia pedir mostarda para as batatas 😉

Dica importante, muitos restaurantes em Berlim só aceitam pagamento em dinheiro, portanto certifique-se antes de fazer o seu pedido e evitar constrangimentos.

House of Small Wonders

Nosso brunch de sábado em Berlim foi nossa última refeição na cidade e merece ser a primeira dica dessa lista. House of Small Wonders é daqueles lugares encantadores, serviço simpático e delicado. Comida sensacional com ingredientes orgânicos, produtos regionais e cardápio incrível com influencia japonesa, uma delicadeza sem fim. Após as 10:00 da manhã a fila aumenta, não fazem reservas, pagamento só em dinheiro. Mas garanto, o melhor e mais charmoso brunch de Mitte.

Spreegold

Fica no shopping do momento o Bikini Berlin. No andar superior funciona o restaurante, bom para toda hora, não precisa de reserva. Hambúrgueres, massas, saladas e grelhados. Experimentamos o de carne, o de frango empanado e o vegetariano, todos estavam ótimos. As batatas doces fritas que acompanham são maravilhosas. No andar térreo funciona um café ótimo para um doce no meio do dia ou tomar café da manhã, há também saladas em potinhos e sanduíches frios rápidos para consumir ali ou em algum banco de praça.

Clarchens Ballhaus

Esse antigo salão de baile de 1913 vale a visita pela beleza e clima antiguinho do local. Sentamos nas mesas externas, um pátio enorme no meio de muros semi destruídos e jardim gostoso. A programação dançante é intensa, verifiquem no site, infelizmente não tive tempo para ir num desses eventos. Almocei um Schnitzel com salada de batatas e molho de cramberry que estava ótimo, as pizzas que pedimos estavam gostosas mas nada de extraordinário, ele fica no coração de Mitte um dos bairros mais legais para passear a pé.

L’Osteria Bikini Berlin

O L’Osteria fica também no complexo Bikini Berlin, vive lotado e bem animado. As massas que pedimos assim como as pizzas estão ótimas. Jantamos nele na noite anterior à Maratona, os meninos precisavam comer muito carboidrato antes da corrida. Achei um ótimo local para grupos de amigos e famílias.

Monkey Bar

O bar do momento em Berlim, a partir das 22:00 a fila para entrar fica imensa então se não quiser enfrenta-la chegue até 21:30. Ele fica na cobertura do 25 Hours Hotel Bikini, onde me hospedei. O ambiente é lindo, tem uma vista bem legal da cidade, música ótima e vive lotado todos os dias da semana. Os drinks são ótimos e caros €12 a €16 em média. Não estranhem a foto com ele vazio, fotografei ele durante o dia antes de abrir.

restaurantes em berlim

Kartoffel Kiste

O Kartoffet Kiste é típico restaurante alemão, fica na galeria em frente ao hotel que me hospedei, boa opção para quem estiver passeando pelas lojas da Tauentzienstraße, ele não é visível pela rua, só o achei porque fui fuçar a galeria. Preço muito bom e comida bem feita. Exceto o nhoque que minha irmã falou que estava um pouco pesado, achamos os pratos alemães pedidos bem gostosos. O atendimento foi simpático e ágil.

Tung Long

Restaurante vietnamita, super barato, vive lotado. Os pratos são preparados ali mesmo atrás do balcão do pequeno salão. Restaurante mega simples mas a comida divina, super fresca e bem preparada. A familia dona do restaurante se encarrega do atendimento e são super simpáticos. Só aceita pagamento em dinheiro. Tem umas cervejas diferentes bem gostosas, experimentei uma tailandesa e uma de arroz.

Acht&Dreissig

Esse restaurante foi indicação do pessoal do Visit Berlin, escolhi o menu de almoço que incluía couvert com pão e um patê de mostarda, salada, prato principal e uma taça de vinho, tudo por €12. O restaurante é uma graça e a comida muito boa. Fica em Mitte na mesma rua da Neue Sinagogue.

Muse Berlin

Outro jantar ótimo que valeu a viagem até um bairro mais afastado, indicação do Visit Berlin. O Muse é bar e restaurante, mais uma vez ambiente lindo, música ótima e comida sensacional. O prato que o Ale pediu de queijos diversos foi o mais lindo. Os hambúrgueres chegam fumegando em chapas de ferro quente. O meu falafel estava divino também. Peça drinks, a carta é ótima. Também gostei muito de andar pelo bairro bem residencial, calmo e bonito, cheio de lojinhas interessantes.

Steel Vintage Bikes Cafe

Valeu andar uma quadra a mais e descobrir esse pequeno e charmoso café dentro de uma loja de bicicletas vintage. Ele fica perto do Memorial ao Holocausto e é uma ótima opção para quem quer fugir dos restaurantes pega turista (tenho pavor) que tem próximo ao Memorial. No cardápio saladas, sanduíches, bolos, cafés, tudo muito gostoso e de brinde uma loja que mais parece um museu.

YamYam

Restaurante coreano super simples também, bem cheio. O cardápio é enorme e o que ajuda são as fotos de todos pratos. Mais uma vez come-se muito bem gastando bem pouco nele. Pedi o típico Bibimbab, uma tigela de pedra fumegante com arroz, muitos vegetais, camarões e ovo frito. O típico PF coreano, delicioso mas mega apimentado, então cuidado! O legal aqui é que podemos escolher o tipo de carne (frango, camarões, carne vermelha) para compor vários pratos.

Safran

Outro restaurante que entramos sem querer e acabou sendo ótimo. O persa Safran fica em Kreuzberg, um bairro com muitos imigrantes e que vale explorar, são muitos bares e restaurantes étnicos espalhado por ele. Os pratos tem preços de €4, €6 a €10 e são muito bem servidos. Comida super saborosa, simples e bem familiar ao paladar brasileiro.

Duo Sicilian Ice Cream

Pausa estratégica após o almoço para um sorvete. Paramos na Duo porque tinha fila e o lugar era uma graça. Não nos arrependemos. Sorveteria orgânica, com vários sabores veganos, provamos os de pistache, chocolate belga, café e maracujá, todos deliciosos e bem italianos. Também fica em Kreuzberg, estávamos a caminho da East Side Gallery.

Café Smyrna Nuts & Bar

Outra pausa estratégica, um café e um doce no fim da tarde. Doces árabes ótimos, castanhas de todos os tipos, salgadas ou cobertas de chocolates. Café ótimo, wifi e banheiro limpo, é tudo o que precisávamos após caminhar a East Side Gallery inteira.

Berliner Republik

Cara total de restaurante pega turista, na margem do rio Spree, fomos por indicação do hostel onde minha irmã se hospedou. Apesar da primeira impressão a comida é realmente boa tanto é que fomos duas vezes. A maior dica que dou é não sentarem nas mesas externas, o cheiro do rio não é muito bom e pode atrapalhar a refeição. As mesas internas são bem melhores e o restaurante é mega animado.

KaDeWe Food Floor

Essa dica é batida mas vamos lá. Se você quiser comprar chocolates, geléias, biscoitos, vinhos, cervejas, queijos, salsichas e toda a sorte de produtos das melhores marcas alemãs, o andar gastronômico da icônica loja Kaufhaus des Westens ou simplesmente KaDeWe é o melhor local. Lá você também encontra um charmoso café, além de alguns corners para um almoço rápido e bem gostoso. Por mim não sairia mais de lá.

restaurantes em berlim

Fiz um mapa lindo (modesta) com todos os restaurantes em Berlim para facilitar a vida de vocês.

Com link para os sites de cada um deles!

 

Aqui o post que escrevi sobre o hotel que me hospedei.

25Hours Bikini Hotel Um Millennial Hotel em Berlim

Follow:

Toda viagem é sempre a mesma coisa, voltamos com saudades de alguma coisa que comemos muito, quase todos os dias ou que marca de alguma forma o espirito dos lugares que estivemos. Nessa nossa viagem para a Escócia e Inglaterra foram duas comidas que nos marcaram, os scones, pequenos pãezinhos amanteigados para comer com clotted cream e geléia que acompanham o chá inglês e o millionaires shortbread, que é um doce de três camadas, massa crocante amanteigada, caramelo e chocolate.

Fiz uma rápida votação no snapchat sobre qual receita deveria publicar aqui e quem ganhou foram os scones então vamos a ela!

p.s. obrigada por todos os votos!

scone01

scone02

scone03

Essa receita é do infalível livro Sarabeth’s Baker minimamente adaptada por mim.

Ingredientes

¾ de xícara de leite integral

2 ovos

3 xícaras de farinha de trigo

1 colher de sopa + 1 colher de chá de fermento em pó

2 colheres de sopa de açúcar de confeiteiro

¼ de colher de chá de sal

140 gr de manteiga sem sal bem gelada cortada em cubos

1 ovo bem batido para pincelar os scones antes de assar

Modo de preparo

  1. Ligue o forno na temperatura máxima para pré aquecer.
  2. Misture bem com um batedor de arame ou garfo os ovos, o leite e reserve.
  3. Na tigela de um processador de alimentos com a lâmina de massa coloque todos os ingredientes secos e os misture com uma colher, acrescente a manteiga em cubos e cubra com os secos antes de processar. Pulse umas 4 ou 5 vezes até a mistura adquirir um aspecto de farofa, isso só acontecerá se a manteiga estiver bem gelada e for manteiga verdade, não use margarina pois a receita dará errado.
  4. Ligue o processador na velocidade mínima e acrescente os líquidos, assim que estiverem incorporados desligue o processador, essa massa não pode bater muito.
  5. A massa fica bem úmida e pegajosa, transfira-a para uma superfície bem enfarinhada e polvilhe cerca de 2 colheres de sopa de farinha, o suficiente para manusear sem grudar. Junte a massa numa bola uniforme, sem trabalhar muito a massa, o interior dela deve continuar bem úmido.
  6. Abra a massa com um rolo na espessura de 1,5 cm.
  7. Use um cortador de scones ou redondo de aproximadamente 6,30 cm (2 ½ inch) de diâmetro. Corte os scones e os acomode numa forma forrada com papel manteiga com um espaço de uns 4 cm entre cada um, pincele com o ovo batido, não deixe escorrer pelas laterais, pincele apenas a parte superior.
  8. Leve imediatamente ao forno, abaixe a temperatura para 200° C e asse até ficarem dourados, cerca de 20 minutos. Sirva morno ou frio com geléias e clotted cream*

* Clotted cream é um creme de leite fresco evaporado até chegar na consistência de um creme bem espesso, após a evaporação sobra praticamente só a gordura do creme de leite. O que mais se aproxima à ele aqui no Brasil são as natas consumidas no sul do país como acompanhamento de bolos e tortas doces.

Follow:

A Bodega Narbona tem dois endereços no Uruguay, nós visitamos a de Carmelo ao lado do hotel Carmelo Resort & Spa Hyatt. O outro fica próximo a Punta del Este.

Fizemos um pequeno passeio pela propriedade que deve ser agendado com uns dois dias de antecedência e depois almoçamos no restaurante da bodega. Gostamos tanto que voltamos para mais um almoço no nosso último dia em Carmelo. A Narbona é um wine lodge com 5 suítes absolutamente encantadoras, para quem quer calma e descanso achei o lugar perfeito e é membro do Relais & Chateaux.

O restaurante serve um cardápio italiano com influência local com produtos produzidos na região além de verduras e legumes orgânicos de cultivo próprio, tudo absolutamente fresco. As massas são artesanais e produzidas no local também. A tábua de queijos é maravilhosa.

narbona01

Mesas para o café da manhã dos hóspedes do lodge

narbona02

 

narbona03

O bar do restaurante

narbona05

Mesas sob a pérgola de Glicínias

narbona04

Lounge na varanda

narbona06

Louças antigas enfeitam todo o restaurante

narbona08

Uma parte do nosso almoço

narbona07

A produção de queijos

narbona09

narbona10

Sala para degustação e eventos privativos

Follow:

O Cheesecake ou A Cheesecake?

Eu chamo de O porque bolo (cake) é masculino mas tem um parte da população que encara ele como uma torta portanto o chamam de A. Mas o que importa mesmo é que Nova Iorque é a casa do cheesecake e graças à dica da minha amiga Luciana de Oliveira experimentei um dos melhores. A Lu tem uma página no Facebook a Fogão Vermelho com receitas ótimas e em breve lançará um site com uma biblioteca de receitas enorme.

Eileen’s Special Cheesecake é daquelas bibocas adoráveis que ficam normalmente em áreas caóticas da cidade. A loja é minúscula e fila na porta é bem normal, eles servem em tamanhos individuais e grandes para serem levados para casa, as coberturas são várias, experimentei a de cerejas e de blueberry ambas deliciosas e na quantidade certa, a base de bolacha é fininha e o creme de queijo parece uma nuvem de tão leve e muito queijudo sabe? Em nada parecido com aquele tijolão daquela tal Fábrica de Cheesecake.  Ahh e agora no verão tem iced coffee ótimo.

 

 

 

 

 

Eileen’s Special Cheesecake

17 Cleveland Place

New York, NY 10012

Follow: